Convivência em condomínios durante a pandemia: como ficam as áreas de lazer?

 

Desde Março estamos vivendo em uma pandemia com instruções de evitar aglomerações, manter o distanciamento social e intensificar a higiene das mãos e dos ambientes em que vivemos.

Todas essas mudanças de hábitos e adaptações do nosso modo de convívio social expôs a necessidade de “fechar” as áreas de lazer nos condomínios para preservar a saúde dos moradores e prestadores de serviço.

No dia 3 de Abril foi aprovado o projeto de lei Projeto de Lei 1.179/20 que dá aos síndicos total direito de fechar essas áreas comuns dos condomínios e residenciais em prol do distanciamento social devido ao COVID-19, sendo válido a aplicação de multas caso a orientação de não usar as áreas comuns for desrespeitada por moradores e a adaptação das assembléias de forma online.

Além de fechar as áreas comuns, o síndico também pode proibir a entrada de prestadores de serviço como entregadores de delivery por exemplo.

Mas até quando as áreas de lazer do condomínio podem ficar fechadas?

Não existe uma data certa para a liberação das áreas comuns dos condomínios, assim como não há data certa para o fim da pandemia. Precisa haver muita comunicação entre todos os moradores do condomínio e síndico para tomarem essa decisão juntos e todos estarem de acordo sobre os riscos que terão ao utilizarem as áreas comuns. Por isso, é fortemente incentivado a realização de assembleias virtuais ou mesmo conversas por whatsapp entre todos os moradores e síndicos para que todas as opiniões sejam expostas e uma decisão seja tomada em conjunto.

 

Top